1 de janeiro de 2015

Gastroenterite

http://www.hospitaldosanimais.com/Patologias/Gastroenterite/tabid/370/Default.aspx

  07/10/2013  18h25

Gastroenterite

Os principais sinais de gastroenterite são vómitos e/ou diarreia. Perda de apetite e letargia também podem ocorrer. Por vezes podem ocorrer perdas de sangue no vómito e na diarreia, devido a irritação no trato gastrointestinal. A perda de fluidos nos vómitos e na diarreia podem resultar em desidratação. Enquanto algumas GE são muito perigosas, podendo até por em risco a vida do seu cão, por vezes a irritação do trato gastrointestinal é menos grave e auto-limitante com um tratamento conservador. Se o seu animal de estimação não melhora com este tipo de tratamento, ou piora de condição, deve contactar o seu veterinário; pois pode ter um caso mais grave de GE ou outro problema mais grave que requer exames adicionais e respectivo tratamento.

Causas

As GE são associadas a vários fatores, mas mais frequentemente com a ingestão de alimentos em mau estado de conservação. A ingestão de substâncias não alimentares, assim como lixo, plásticos, pedras, e pequenos brinquedos, pode danificar a mucosa intestinal. Outras causas de GE incluem plantas, alguns medicamentos, parasitas, assim como doenças do fígado, rim, tumores, e até mesmo o stress.

Diagnóstico

As causas de GE são por vezes difíceis de diagnosticar, e em certos casos nunca são determinadas. O diagnóstico é feito com base na história, sinais clínicos e nos achados no exame físico. Porque as causas de GE são tão variadas, exames adicionais são por vezes essenciais, e podem incluir radiografias, análises sanguíneas, etc. Em alguns casos endoscopia e uma cirurgia exploratória também podem ser necessários.

Tratamento

O tratamento de uma GE “simples” consiste no “descanso” do trato gastrointestinal, para permitir a cura da irritação local.
Se o seu animal está a vomitar, deve retirar a comida e a água por aproximadamente 12 horas. Se os vómitos pararam, pode começar por dar pequenas quantidades de água. Se a água for bem tolerada, no dia seguinte pode-lhe oferecer pequenas quantidades de alimentos de fácil digestão (frango com arroz cozidos, por exemplo). Se a comida for bem tolerada, esta dieta deverá continuar por mais uns dias (várias refeições por dia em pequena quantidade), podendo depois misturar gradualmente a alimentação que estava habituado. O retorno ao esquema habitual de alimentação deverá ser efetuado ao fim de 4-7 dias, uma vez que a mudança abrupta da dieta pode resultar em diarreia. Se os vómitos não se resolverem, contacte o médico veterinário.
Se o seu animal tem diarreia, deve retirar a comida por 12-24 horas, deixando a água sempre disponível. Se a diarreia parar pode oferecer pequenas quantidades de alimentos de fácil digestão, várias vezes ao dia. O regresso ao esquema de alimentação normal deverá ser efetuado em 4-7 dias, misturando gradualmente a alimentação habitual. Se a diarreia não se resolver, contacte o médico veterinário.
Dependendo da causa da GE, poderá ser necessária a administração de medicamentos, prescritos pelo médico veterinário.
Se o seu cão tem outro episódio de vómitos e/ou diarreia, contacte o seu médico veterinário antes de instituir algum tratamento; podendo necessitar de ser examinado ou necessitar de exames de diagnóstico ou outro tratamento

Sem comentários:

Enviar um comentário