16 de setembro de 2015

TRICKY


16_09_2015
A Tricky acordou do coma. Poderão espreitá-la na nossa página do Facebook.


14-09 Fomos ver a Tricky, continua sedada e estabilizada. Não temos prognósticos, nem da sua possível recuperação. Tricky não desistas que nós também não.
(Foto em comentário)

13_09_2015
É isto que faz de nós o que somos. Quando ligam a dizer que um cão foi atropelado e não queres saber se tem dono ou não, se é bonito ou feio. Quando ouves o sofrimento do outro lado do telefone e desejavas ter umas siren
es para chegar mais rápido. Quando chegas, engoles em seco e voas para o hospital. Quando perguntas quem atropelou e percebes que se foi embora. Quando tens pessoas que não sabem o que fazer mas que esperaram ali por ti. Quando percorres o caminho até ao hospital sem respirar porque o choro é demasiado alto. Quando olhas para o veterinário e vais com a certeza de que não há nada a fazer. Quando uma réstia de esperança se esvai porque não tem microchip. Quando o veterinário te diz que não sabe o que fazer nem o que vai dar dali. Quando o veterinário lhe chama Tricky porque teve uma cadela idêntica que teve um final feliz. Quando te vais embora a pensar que tudo vai correr bem com o coração e que é mais uma conta para pagar com a cabeça.
Isto é o que faz de nós, protetores de animais, o que somos.

Sem comentários:

Enviar um comentário