30 de março de 2014

Pandora, 6 meses, porte pequeno, fêmea

Pandora
Mealhada
Sem raça definida, 6 meses, porte pequeno, fêmea
Esta menina foi apanhada na rua e quem a apanhou terá que se ausentar do país; infelizmente não temos capacidade para ficar com ela. É muito brincalhona, parece uma bolinha saltitona... Adora correr de um lado para o outro e da uso a todos os brinquedos que encontra. É mimadinha e aproveita cada mimo e cada festinha.

29 de março de 2014

DESCARREGUE as REVISTAS Mundo dos Animais


http://revista.mundodosanimais.pt/edicao-especial/


DESCARREGUE as REVISTAS 
Mundo dos Animais 
em 
http://revista.mundodosanimais.pt/edicao-especial/

28 de março de 2014

PRECISAMOS DE FAT OU FAMÍLIAS DEFINITIVAS PARA 8 BEBÉS!!

MUITO URGENTE!! 
FAT PARA 8 BEBÉS!!!

Estamos perante uma situação que não sabemos o que fazer nem conseguimos resolver sozinhos.
Esta cadela teve os seus bebés numa localidade vizinha de Anadia. Teve um total de 11 filhotes e entretanto já conseguimos donos para 3.
Ela continua na rua com os seus 8 filhotes e está a tornar-se a cada dia que passa mais agressiva, coisa que não era.
Além de acreditarmos que alguém lhes pode fazer mal eles não podem continuar a crescer na rua.
Terão nascido entre fins de janeiro e princípio de fevereiro.
Dada a mudança de atitude da mãe (que ataca se nos aproximarmos dos bebés) precisamos de uma atitude também mais agressiva.
Achamos que o ideal será retirar todos os bebés para Famílias de Acolhimento Temporário, esterilizar de futuro a mãe e mantê-la no ambiente controlado onde sempre viveu.
Não sabemos se são machos ou fêmeas mas ficarão de porte médio.
Precisamos de reunir famílias definitivas e/ou temporárias para os 8 bebés para depois os podermos retirar todos.
QUEM NOS PODE AJUDAR??
Contactos: 918315185 | 918570448 | quatropatasefocinhos@gmail.com

mais fotos em:
https://www.facebook.com/Misss.Veiga/media_set?set=a.10201782116935732.1073741850.1265889711&type=1

27 de março de 2014

REX

ADOTADO :)
Pastor Alemão, adulto, 5 anos, porte grande, macho
Este lindão foi deixado por duas vezes no abrigo. 

Na primeira soltou-se da coleira e fugiu, na segunda voltaram a deixá-lo amarrado às redes mas com uma corrente mais grossa. Sim, foi deixado para trás como o saco do lixo. 
Revelou-se ser uma ternura, educado, conhece ordem de sentar, é super sociável com todos os cães e todas as pessoas.
Não temos as mínimas condições para ele, daí a sua adoção ser muito urgente.

25 de março de 2014

 
Um cão de pequeno porte passou o fim-de-semana à porta da Urgência dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), num acto de «fidelidade» que impressionou alguns funcionários. Ao que foi possível apurar, o animal pertencia a uma senhora que deu entrada no serviço de Urgência no sábado e ali permaneceu até domingo, apesar de, por várias vezes, o terem tentado afastar. O Diário de Coimbra não conseguiu apurar o que aconteceu ao cão, nem tão pouco à sua proprietária, mas, quem captou a imagem à porta dos HUC não deixou de relatar que, «muitas vezes, os animais são mais dedicados do que os seres humanos». 

24 de março de 2014

Saúde do Gato - algumas doenças mais frequentes

ALGUMAS DOENÇAS MAIS FREQUENTES DOS GATOS

Coriza felina

A Coriza, conhecida popularmente pela constipação dos gatos, é uma infecção das vias respiratórias superiores.
Manifesta-se de muitas formas, normalmente em conjunto, nomeadamente, febre, corrimento nasal, corrimento ocular e espirros.
É também comum que o gatinho fique abatido e manifeste um estado geral de prostação. Todo este mau estar provocado pela doença vai regra geral diminuir o apetite do gatinho, que desta forma fica cada vez mais enfraquecido e sem defesas.
Os gatinhos bebés e os gatos idosos não vacinados são mais susceptíveis a esta doença, podendo ser mortal se não for devidamente tratada. É uma doença que nos gatos adultos é menos comum e pode ser evitada com a vacinação.
É uma doença que facilmente se trata bastando, normalmente, 5 a 7 dias de tratamento adequado e segundo prescrição médica.

PIRIPIRI adotado :)

Órgãos Sociais 2014/2016

Reunião da Direção da Associação Quatro Patas e Focinhos
realizada em 07.03.201
eleição de órgãos sociais

Direção
Presidente – Salomé Dias
Vice-Presidente – Ana Pinto
Secretária – Hermínia Albuquerque

Assembleia Geral
Presidente - Ana Lúcia Mannarino
1ª Secretária – Cláudia Afonso
2ª Secretária – Daniela Pereira

Conselho Fiscal
Presidente - Manuela Ferrão Fernandes
1ª Secretária – Nelly Moreira
2º Secretário – Hugo Esteves

23 de março de 2014

Saúde do seu Gato . Quais os sinais mais frequentes que podem indicar que o gato não está bem?

Quais os sinais mais frequentes que podem indicar que o gato não está bem?
Existem vários sintomas que podem indiciar que o gatinho está com algum problema de saúde. Um dono atento pode detectar de forma precoce indícios de complicações e conseguir evitar a progressão de doenças que podem ser mais difíceis de combater numa fase mais avançada do seu desenvolvimento. Por isso se detectar algum destes sintomas, ou se a sua intuição lhe disser que algo de anormal se passa com o seu gato, deve dirigir-se de imediato ao veterinário.

O comportamento do animal é um dos meios que temos para detectar que algo está errado com a sua saúde. Assim, sempre que notar alguma diferença no comportamento, por exemplo se notar que o gato está mais murchinho, que não brinca tanto ou se me ainda mais, deve preocupar-se em observá-lo com mais cuidado e em caso de persistência do comportamento estranho deve leva-lo ao veterinário.
Outra forma de observar se está tudo bem com o gato é através do apetite e do nível de ingestão de água. Nas situações em que um gato perde apetite é, normalmente, sinal de alarme. Pode, no entanto, acontecer que a mudança de apetite tem a ver com razões naturais e que não são caso para preocupação, por exemplo razões climáticas. Em caso de dúvida ou em caso de persistência de perda do apetite deve leva-lo ao veterinário.
Claro que se o gato emagrecer repentinamente é um sinal muito obvio de que algum problema se passa, pois não é nada normal.
Se observar que o seu gato passou a ingerir mais água pode ser um sinal de algum problema físico, nomeadamente um problema urinário.
Através da observação das fezes e da frequência com que o gato utiliza o WC é também uma forma de averiguarmos o estado de saúde do gato. Se notar que as fezes são moles com frequência ou então se notar que o gato tem dificuldades em fazer as suas necessidades deve ir ao médico, pois pode estar com algum problema físico, urinário, gástrico, entre outros.
Deve observar com regularidade os olhos do seu gato, pois se notar uma pequena membrana branca é sinal de febre e caso a membrana seja escura é sinal de que o gato está muito doente.
Também pode saber se existe algum problema pela análise da temperatura do corpo, que deve estar normal, isto é, não deve ser nem muito quente (sinal de febre) nem muito fria (sinal de hipotermia) em ambos os casos, em especial no caso de temperaturas muito baixas, deve dirigir-se de imediato ao veterinário.
Por outro lado, os animais têm algumas maneiras de nos avisarem sobre o seu estado de saúde. Por exemplo, se o gato começar a fazer as fezes em locais onde costuma estar, por exemplo no sofá ou mesmo na cama, é uma forma de lhe dizer que pode estar com problemas de saúde, por exemplo gástricos, e deve leva-lo de imediato ao veterinário.
Neste ponto é também de referir que caso note um cheiro estranho muito intenso no seu gato deve leva-lo ao médico, pode significar um problema de insuficiência renal.
Um outro sintoma deriva do aspecto do pêlo, se o pêlo ficar mais baço e portanto com um ar menos lustroso e, caso não tenha existido mudança de alimentação, pode ser um sinal de algum problema de saúde.
Deve também, observar os ouvidos do seu gato. Caso exista o acumular de sujidade pode ser sinal de uma otite, que se confirma caso observe que o gato coça os ouvidos com regularidade. Seja como for deve sempre limpar com cuidado o ouvido pois alivia a comichão.

22 de março de 2014

Perdido em Anadia, alguém o conhece? já está em casa

Apareceram os donos, o menino andava perdido à uma semana... :)

Cuidados de Saúde do seu Gato

Cuidados de Saúde do seu Gato

Em regra, os gatos são animais saudáveis e se tudo correr bem, é natural que as visitas ao veterinário se limitem à vacinação e esterilização.
 
Enquanto bebés, e sobretudo nas primeiras 6/8 semanas de vida, são animais muito frágeis, sobretudo quando longe da mãe e quando ficaram órfãos muito cedo. É nesta fase inicial da vida que se regista uma maior mortalidade, pelo que todos os cuidados serão poucos para impedir que alguma doença oportunista coloque em risco a vida do filhote. Acresce que algumas doenças que mais frequentemente atacam o gatinho bebé são muito contagiosas, pelo que no caso de uma ninhada, significa quase sempre que todos os bebés vão contrair a doença e terão que ser tratados.
Quais são os maiores riscos para os gatinhos bebés?
Num gatinho bebé são particularmente problemáticos sintomas como os vómitos, diarreias, falta de apetite e prostração. Se notar algum destes sintomas, deve procurar de imediato o veterinário. Diarreias e vómitos podem facilmente provocar a desidratação do gatinho e mesmo provocar-lhe a morte.

20 de março de 2014

2º encontro de Protetores de Animais da Cidade de Coimbra - Gatos Urbanos




LIA ADOTADA


:)
Lia é uma jovem cadela de 3 a 4 mesitos filha de uma ninhada que apareceu num pinhal. procura uma casinha e família para ser feliz
Esta menina esteve adotada mas chorou dia e noite no apartamento e não houve alternativa do sr depois de alguns moradores do prédio se queixarem.
Tem vacina da raiva, chip e desparasitada... prontinha para ser adotada.

14 de março de 2014



SANFIL, Medicina
Casa de Saúde de Santa Filomena, Coimbra | DIATON,Centro de Tomografia Computorizada, S.A, Coimbra | Centro de Assistência Médica de São Macário, S. Pedro do Sul | NEFROVALES– Centro Hemodiálise de S. Martinho, Coimbra | EGICLÍNICA, Guarda | CRF, Centro de Radiologia da Figueira da Foz

CONHEÇA AS CONDIÇÕES DE DESCONTO CONSTANTES NA "TABELA DE DESCONTOS DO PROTOCOLO" (MANDE MSG A SOLICITAR DOCUMENTO)

9 de março de 2014

Assembleia Geral da Associção Quatro Patas e Focinhos

 
A Junta de Freguesia de Casal Combra abriu as portas para a Assembleia Geral da Associção Quatro Patas e Focinhos, fomos muito bem recolhidos e agraciados.

7 de março de 2014

Conhece o LEILÃO 0,50 cent no Facebook?

Entre na página e peça para aderir, a administradora vai conceder a permissão. Depois abra a lista das Associações e vote na Quatro Patas e Focinhos.
O objetivo é obter mais votos, ser a associação beneficiária do mês de ABRIL e receber 20% de todos os leilões desse mês.

Vamos trabalhar nesse sentido... temos que esterilizar as nossas meninas e isso custa caro.

Click no logo e boa sorte, obg

https://www.facebook.com/#!/groups/515484788565124/?fref=ts

4 de março de 2014

Tyson ADOTADO


Eva, adotada :)


Mamí ADOTADA


TESTEMUNHO emocionante da Elisabete Galhardas

Laika agora Fanny

“Nome de cadela corajosa. Nome de cadela de rua. Nome de cadela sem história. A Laika tem os olhos de quem sempre viveu na rua. De quem nunca teve uma família. A Laika tem uns olhos que fazem pena”(...)

Era assim que começava o apelo da “Quatro Patas e Focinhos”… Bastou esta foto e este olhar que, com uma lágrima a cair, senti que podia fazer com que este Ser tivesse uma vida digna. Não hesitei, nem por um segundo… Entrei de imediato em contacto com o Abrigo da Mealhada.

Uma equipa fantástica, de excelentes profissionais, que deveria ser exemplo para todos. A forma como dirigiram todo o processo de adoção deixou-me fascinada! Porque tive a certeza, pela forma como selecionam os adotantes que a Laika, independentemente da escolha que seria feita, ficaria em boas mãos. Tive a sorte de ter sido eu! Não houve distância nem coisa alguma que me fizesse vacilar! Era enorme o desejo de ter este Anjinho comigo. Ela precisava e merecia ser feliz!

Maravilhosa é a palavra que a define… Fala com o olhar e com o seu jeitinho meigo e doce. Estou rendida a esta pequena e agora, passado 1 ano, só sinto pena de uma coisa: das nossas vidas não se terem cruzado mais cedo! O passado, esse, ficou lá atrás… fez da Laika, agora Fanny (legado de duas cadelinhas que tive), o Ser especial que é hoje.
 

Temos (eu e ela) de agradecer e deixar aqui 1 beijinho muito especial a todos os amigos que mostraram o seu apoio e dedicação quer nas redes sociais quer àqueles que tiveram o privilégio de conhecer este Anjinho de 3 patas! Obrigada!

E como não podia deixar de ser, um forte abraço e um bem-haja a todos os Voluntários da “Quatro Patas e Focinhos” por terem cuidado da nossa menina!

Que as lágrimas que vi correr pelo vosso rosto, no dia em que a fui buscar, não sejam senão a certeza que a nossa Princesa sorrirá todos os dias da sua vida!! O Alentejo espera pela vossa visita!

Elisabete Galhardas